Sem se apresentar ao Paraná, zagueiro Éder Ferreira pode aparecer no Sport

(Imagem: Atlhetico PR)

 

Versátil, Éder Ferreira também joga de volante e na lateral direita

 

 Por Wesley Silvali – (Recife) – Guilherme Moreira (Curitiba/PR) e Trétis TV (Curitiba/PR)

O Sport pode está atravessando o Paraná e trazendo o zagueiro Éder Ferreira para o Recife. Tido como certo no Tricolor da Vila, o defensor devia se apresentar ao clube junto aos também atleticanos João Pedro, Matheus Anjos e Bruno Rodrigues. Contudo, foi o único sem ser anunciado e nem aparecer no Ninho da Gralha (CT dos paranistas) por uma razão: tem proposta rubro-negra em mãos.

MAIS SOBRE O ASSUNTO:

Wanderson Lacerda nega acerto, neste momento, de Adryelson com o Internacional

[Opinião] “A Saída de Adryelson é desperdício para ele mesmo e para o clube”

Para o cenário ter mudado, existiram dois aspectos: o do interesse do Atlhetico em Adryelson e o da vontade do próprio Eder, que já deixou claro aos cartolas do Furacão que prefere atuar pelo Sport. Segundo apuração do Site Eu Pratico Sport, as negociações estão avançadas e Éder Ferreira deverá chegar à Ilha do Retiro tanto na hipótese do Leão arcar com seu salário integral, como na de Adryelson desembarcar no CT do Cajú. Na segunda condição, o clube paranaense que bancaria o salário de Éder.

Adryelson: zagueiro do Sport entrou na lista da diretoria do Furacão. (Foto: Anderson Stevens/Sport)

 

Natural de Gurupi, no Tocantins, Éder Ferreira, hoje com 24 anos, foi formado nas divisões de base do Bahia. Em 2016 acabou sendo lançado e tendo a primeira sequência como profissional através de Guto Ferreira, que pessoalmente tem admiração pelo futebol do jogador. Depois de fazer bom Paulistão no Grêmio Novorizontino, chegou ao Atlhetico Paranaense em abril de 2018. Por lá, foram 25 partidas: 12 pelo time de Aspirantes e 13 no Campeonato Estadual local, onde foi titular durante toda a campanha do título deste ano.

Versátil, Éder também pode jogar de lateral-direito e volante. Na carreira até aqui, além da conquista recente do paranaense, o atleta também já conseguiu um acesso para a Serie A e ganhou uma Copa do Nordeste. Sendo participativo em ambos os feitos e tendo um ponto em comum: Guto Ferreira no banco de reservas.