[Série B] Após adiar, Sport joga pelo empate simples contra Ponte Preta para confirmar acesso

Torcida rubro-negra espera comemorar antecipadamente retorno à elite (Foto: Anderson Stevens/Sport).

 

Por Mateus Schuler, Recife/PE

 

O grito entalado na garganta dos torcedores enfim pode ser solto. Na noite desta quarta-feira (20), o Sport jogará por um simples empate, às 21h30, para poder comemorar o acesso à elite do futebol nacional. O Leão enfrenta a Ponte Preta, na Ilha do Retiro, em confronto válido pela 37ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro dependendo de si para consolidar o retorno à Série A.

Vindo de empate sem gols, o que adiou a comemoração da torcida, os rubro-negros seguem estabilizados na vice-liderança da Segundona e somando 64 pontos. A Macaca, por outro lado, está em um momento mais conturbado na competição e ocupa a 12ª posição, somando 44 pontos ganhos e sem vencer há nove jogos.

Leão com mudanças por lesão e suspensão

Na partida decisiva da temporada, a última como mandante, o Sport tem alguns problemas para ter a escalação confirmada. Guto Ferreira não poderá contar com o lateral-esquerdo Sander e o volante Willian Farias, ambos suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Além deles, o zagueiro Adryelson foi vetado com pubalgia, também sendo baixa.

Nas respectivas vagas, o comandante rubro-negro sinalizou entradas de Guilherme Lazaroni, Yago e Cleberson. Em contrapartida, o técnico ganha os retornos de Rafael Thyere na zaga e Leandrinho na armação de jogadas, que foram desfalques contra o Vila Nova por estarem com problemas no tendão calcâneo e na panturrilha, respectivamente.

O meia Pedro Carmona também se recuperou de incômodo no joelho, mas deve ser opção no banco. Com isso, o Leão deverá ir a campo no embate contra os alvinegros com: Luan Polli; Norberto, Rafael Thyere, Cleberson e Guilherme Lazaroni; Yago e Charles; Leandrinho; Hyuri, Elton e Guilherme. A escalação, entretanto, só será definida instantes antes da bola rolar.

Macaca busca quebrar retrospecto negativo

Sem vencer há nove confrontos, os pontepretanos tentam adiar mais uma vez o acesso dos leoninos, porém também estão com problemas nos 11 iniciais. Suspenso pelo terceiro amarelo, o volante Washington é ausência, tal como o goleiro Ivan, que estava com a Seleção Sub-23 e foi liberado para descanso.

Assim como o cabeça de área, o técnico Gilson Kleina terá de cumprir suspensão, enquanto Marquinhos volta a ser opção no meio-campo e deve ser acionado como titular. Com isso, a Macaca deverá ir a campo com: Ygor Vinhas; Edilson, Renan Fonseca, Henrique Trevisan e Guilherme Guedes; Camilo, Lucas Mineiro, Renato Cajá e Araos (Vico); Marquinhos e Roger.

De olho no apito

A arbitragem do duelo será formada por um trio do Rio de Janeiro. No comando do apito, João Batista de Arruda, que terá os conterrâneos Silbert Faria Sisquim e Thiago Gomes Magalhães de auxiliares. Essa é a primeira partida do árbitro na Segundona, sendo a quarta em todo o Campeonato Brasileiro, duas pela Série C e uma pela Série D.